• 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
    • Texto e Foto

    Prefeitura de Roraima injeta 70 milhões com pagamentos de três salários/remuneração em dezembro

    Há 5 dias 06/12/2018


    • 1
    • 1
    #GOVERNO


    Boa Vista | O pagamento de todos os servidores da Prefeitura de Boa Vista, referente ao mês de novembro, foi efetuado nesta terça-feira, 4, como previsto no Calendário. Neste mês, a prefeitura pagará ainda a 2ª parcela do 13º salário no próximo dia 20 e dia 28 efetuará o último pagamento do ano. A administração municipal vai injetar, com os três pagamentos apenas em Dezembro, cerca de R$ 70 milhões na economia local.


    Para a prefeita Teresa Surita, pagar o salário em dia é mais do que uma obrigação. “Tenho muito respeito por todos os servidores municipais que me ajudam a fazer de Boa Vista uma cidade cada vez melhor para se viver. Sem a colaboração de todos, não seria possível fazer a transformação que a nossa cidade está passando. Por isso, a minha prioridade, desde 2013, sempre foi garantir os recursos para os salários. Isso é respeito”, destacou.


    Mesmo com falta de repasses constitucionais, obrigatórios, por parte do Governo de Roraima, a prefeitura tem horando com o pagamento dos servidores em dia e, quando possível, até adianta as datas como aconteceram em algumas oportunidades neste ano. O Governo do Estado deve, há meses, repasses do ICMS, IPVA e ISS, impostos que representam a segunda maior receita da capital.

     


    Em tempos de crise, apenas com os salários que saíram hoje, foram injetados na economia local aproximadamente R$ 28 milhões. O cumprimento do Calendário é fruto do compromisso e planejamento da gestão da prefeita Teresa Surita.


     

    De acordo com Paulo Bragato, Secretário Municipal de Administração e Gestão de Pessoas, o pagamento em dia é uma preocupação da prefeita Teresa Surita. “Nós estamos pagando praticamente três folhas neste mês; a de novembro, dia 20 a 2ª parcela do 13º, e dia 28 o salário de dezembro. Aproximadamente R$ 70 milhões na economia do estado e município”, observou.



    Foto: Divulgação



    MAIS IMEDIATO