Ações de conscientização para o combate à violência contra o idoso
Foto: Reprodução

Ações de conscientização para o combate à violência contra o idoso


Manaus – Am | Por ocasião da mobilização de combate à violência contra o idoso, o Fundo Previdenciário do Estado do Amazonas (Amazonprev) participa de atividades que promovam a conscientização quanto à proteção e bem-estar do seu público majoritário. Destaque para a caminhada em apoio à pessoa idosa, que acontece neste sábado (15/6).

A Síntese de Indicadores de Dados (SIS/IBGE) atesta que o número de idosos do Amazonas aumentou 3,5% entre 2005 e 2015, totalizando cerca de 8,8% da população do estado – mais de 347 mil pessoas. Dados do Fórum Permanente do Idoso (Fopi) declaram que 1 em cada 6 idosos, em Manaus, sofre ou já sofreu algum tipo de violência.

“Além dos maus-tratos, há a violência relacionada ao dinheiro, em que familiares se apropriam dos meios pelos quais os idosos recebem seus recursos, e não os utilizam em benefício do aposentado”, denuncia a coordenadora do Fopi, Valcylene de Oliveira.

Nelci Tomé, coordenadora do setor de Atendimento ao Público da Amazonprev, explica que a instituição tem a preocupação de tratar essas denúncias de forma a proteger o idoso, encaminhando as reclamações à Delegacia do Idoso e ao Ministério Público do Estado (MPE-AM).

“E, se possível, trocamos a conta corrente cadastrada, para que o segurado possa receber sem novas interferências”, detalha a servidora.

Caminhada – A analista previdenciária da Amazonprev, e que já fez parte do Fopi, Geneci Bett, representará a instituição na caminhada de conscientização da violência contra o idoso. “É importante que existam órgãos e ações feitas em benefício dos direitos e da defesa dos idosos. A Caminhada, que ocorre anualmente, é uma dessas ações que fortalece e ratifica esse compromisso”, avalia.

A Caminhada é organizada pela Fopi e ocorre neste sábado (15/06), com concentração a partir das 7h30 na Praça do Congresso, no Centro. Segundo a entidade, a estimativa é de que mais de 2 mil idosos compareçam ao evento, cujo tema deste ano será “Os Movimentos Sociais na Luta Pelos Direitos”.

Leia mais:

Deixe uma resposta