CBMAM inicia capacitação para projetos de combate a incêndio em Manaus
Imagem: Reprodução da Internet

CBMAM inicia capacitação para projetos de combate a incêndio em Manaus


Manaus – AM | O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), por meio da Diretoria de Atividades Técnicas (DAT), em parceria com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (Crea-AM), iniciou na tarde da segunda-feira (13/05) o 1º Curso Básico de Elaboração e Análise de Projetos de Combate a Incêndio.

De acordo com o comandante geral do CBMAM, o coronel BM Danízio Valente, o objetivo do curso é otimizar a tramitação dos projetos e análises. “O CBMAM e o Crea são duas instituições que estão alinhadas na prevenção contra incêndio e pânico nas edificações, buscando um melhor atendimento para a sociedade. O curso é destinado àqueles profissionais que trabalham com projetos de prevenção contra incêndio, sejam eles engenheiros, arquitetos ou bombeiros militares”, frisa o comandante.

O coordenador da capacitação, tenente-coronel BM Sulemar Barroso, explica que a importância do nivelamento para os profissionais está focada no trabalho preventivo.

“A Lei 2.812/2003 determina que todas as edificações, com algumas exceções, atendam algumas instruções técnicas que variam desde uso simples do extintor até a utilização de hidrantes. O nosso objetivo é nivelar conhecimentos tanto entre os militares, que são responsáveis pela análise dos projetos, quanto os engenheiros, que são os profissionais que elaboram o projeto. As Constituições Federal e Estadual atribuem ao Corpo de Bombeiros a prevenção e o combate a incêndios, e uma das formas de prevenção é por meio do conhecimento”, afirma o tenente-coronel.

Para o engenheiro civil, Jaime Roberto, o principal interesse pelo curso é adquirir conhecimento para trabalhar em projetos de segurança. “Pretendo atuar na elaboração de projetos de prevenção contra incêndios e controle de pânico. O melhor de tudo é que o órgão que fiscaliza é o mesmo que tomou a iniciativa de ofertar essa capacitação, então é um privilégio poder participar”, disse.

A capacitação possui carga horária de 20h/aula e conta com a participação de 30 alunos, sendo 16 bombeiros militares que atuam na análise desses projetos e 14 engenheiros credenciados no Crea-AM.

Leia mais:

Deixe uma resposta

Imediato Online

FREE
VIEW