Reforma na AM-010 vai impactar no turismo de municípios amazonenses

Insira um URL válido

Manaus – AM – A reconstrução da rodovia AM-010, que liga Manaus a Itacoatiara, formalizada nesta segunda-feira (13) pelo Governo do Amazonas e a Caixa Econômica Federal, vai fomentar o Turismo em municípios da região do Médio Amazonas. Com a reforma dos 269 quilômetros da rodovia, o setor deverá gerar emprego e renda em Rio Preto da Eva, Itacoatiara, Silves, Itapiranga, entre outros municípios.

“Nós estamos transformando a AM-010 num corredor de atividades econômicas”, declarou o governador do Amazonas, Wilson Lima, nesta segunda-feira (13/01), durante assinatura de contrato com a Caixa Econômica Federal para modernização e reforma da rodovia.

Com a rodovia em melhores condições de trafegabilidade, o ecoturismo, a pesca esportiva, o turismo religioso e eventos culturais como o Festival da Canção de Itacoatiara (Fecani) atrairão mais visitantes. Anualmente, Itacoatiara recebe milhares de turistas, tornando o Fecani o maior festival de música da Região Norte.

Em Itapiranga, a festa da padroeira do município, Nossa Senhora de Nazaré, que já atrai centenas de fiéis, também deverá sentir o aumento de visitantes com a reforma da AM-010. Já Silves será beneficiada em razão da potencialidade da rede de hotéis de selva na região, que recebe turistas de todas as partes do mundo anualmente. Além do ecoturismo, o município é um dos polos da pesca esportiva no Estado.

Obras – As obras da rodovia AM-010 contemplam 269 km e iniciam ainda no primeiro semestre de 2020. Com o custo de R$ 219 milhões, a reforma deve durar entre 3 e 4 anos e incluem a retirada do atual pavimento, obras na base e sub-base, terceira via em alguns pontos, duplicação de trechos mais perigosos e sinalização horizontal e vertical.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Receba a seleção das melhores notícias:

Qual sua opinião? Deixe seu comentário