Justiça nega pedido de habeas corpus de goleiro Bruno

Foto: Agência Estado
PATROCINADO
A prefeitura está mudando a vida de pessoas que antes residiam sem qualquer infraestrutura em seus bairros e...

PAÍS | Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou um pedido de habeas corpus do goleiro Bruno, condenado pela morte da ex-namorada Eliza Samudio. A solicitação do atleta era contra o pedido de prisão expedido pelo TJ-RJ por não pagamento de pensão alimentícia para o filho dele com a Eliza.

Bruno alega que que tentou uma proposta de acordo no processo e que a prisão é “desnecessária”. Os advogados pediam a suspensão do mandado de prisão até que fossem depositados R$ 30 mil na conta de Sônia de Fátima, mãe de Eliza, ou até que ela se manifestasse no judiciário em relação à proposta.

De acordo com os dados disponíveis no processo, o valor atual da dívida é de R$ 90.748,71. Para obter a quantia, Bruno também lançou duas rifas de camisas do Flamengo. Cada sorteio tem 1.000 números e cada um custa entre R$ 30 e R$ 50. O atleta disse que também tenta negociar uma loja de açaí que possui em Cabo Frio, no Rio de Janeiro.

Foto: Agência Estado

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Manaus – AM |Conhecido como “O Gigante do Norte” por ofertar produtos a partir de R$ 1 real,...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE