Assaltantes invadem escola municipal pela 2ª vez, no conjunto Boas Novas
Imagem: Tasso Pierre

Assaltantes invadem escola municipal pela 2ª vez, no conjunto Boas Novas


Manaus-AM| Na madrugada deste domingo (31), o Centro Municipal de Educação Infantil Rosendo Neto de Lima, localizado na rua 4, conjunto Boas Novas, bairro Cidade Nova, zona Norte da capital, teve toda a parte elétrica furtada, além disso, os assaltantes levaram computadores, caixas de som e materiais de limpeza da unidade de ensino.O site Imediato foi ao local na manhã desta segunda-feira (1).

A mãe de uma das crianças matriculadas na escola relatou que os assaltantes tomaram conta de todo o bairro> Ela afirmou estar  indignada com a situação e pede providência do poder público.

“Por conta da ação desses bandidos, os alunos não tiveram aula, saio de casa e caminho por 30 minutos seja de baixo de chuva ou sol e agora chego com este aviso, triste a situação”, contou Aparecida da Silva, mãe de aluno de seis anos de idade.

Uma funcionária da escola que pediu para não ser identificada, afirmou que a segurança da unidade sempre é reforçada por meio de câmeras e alarme, mas isso não inibiu a ação dos criminosos, ela pede policiamento.

“Quando o alarme dispara, eles ligam para a direção da escola e pedem para alguém ir lá ver o que aconteceu. Esse sistema infelizmente não funcionou, o que pedimos é uma ronda da polícia”, disse a funcionária.

O comunitário Miro Pereira, afirmou que a escola já foi alvo de assalto no ano passado e que isso está tirando o sossego de todos os comunitários.

“Em novembro do ano passado a escola teve seus equipamentos furtados, o muro e as grades de proteção são baixos, pula quem quer, até porque não existe segurança durante noite e madrugada, isso facilita a ação dos bandidos no local”, disse Miro.

Nota Semed

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informa que o sistema de alarme do Centro De Operações De Segurança Escolar (Cose) está funcionando normalmente no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Rozendo Neto, tanto que no momento que a unidade foi invadida a equipe do Cose esteve no local. A Semed vai buscar a Secretaria de Segurança Pública (SSP) para fazer uma parceria, a fim de ampliar o policiamento no entorno das escolas.

Deixe uma resposta