Batalhão Ambiental apreende madeira e 11 toneladas de pescado ilegais

WhatsApp Image 2020-06-12 at 09.58.35
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus-AM | Durante o Programa “Vigia” da Operação Hórus, a Polícia Militar do Amazonas, por meio do Comando de Policiamento Ambiental (CPAMB) e Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAMB), apreenderam aproximadamente 11 toneladas de pescado ilegal e 20 m³ de madeira em duas embarcações no Rio Purus.

Publicidade

De acordo com o Major Santos Correia do Batalhão Ambiental, a ocorrência teve início às 6h da manhã e as embarcações Calipso l e Pincesa Vera Lúcia, que vinheram do Município de Tapauá distante 566 km em linha reta da Capital, foram abordadas por vias fluviais e encaminhadas ao porto do São Raimundo, para verificação de todo o pescado.

Foi contailizado aproximadamente 11 toneladas de pirarucu, que estava escondido dentro do porão, embaixo de outras espécies de peixes, com o intuito de driblar a fiscalização. “O pirarucu é um peixe que fica no defeso ano todo, portanto a sua pesca é proibida salvo aqueles autorizados pelo Ibama e das áreas de manejo, então não é o caso desse pescado, não foi apresentado a documentação necessária do Órgão Ambiental para a regularidade da carga, dessa forma já foi acionado o delegado de Polícia que vai fazer os procedimentos”, relatou o Major.

A madeira apreendida sem o Documento de Origem Florestal (DOF), vai ser conduzida para a Delegacia Especializada em Meio Ambiente (Dema), e todo o pescado será destinado ao Mesa Brasil, por meio do Sesc.

Três pessoas que estavam responsáveis pelas cargas, foram detidas e encaminhadas parada o 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), para serem apresentados.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias