Abandonados pela prefeitura, famílias convivem com fezes, ratos e casas alagadas em becos na Zona Oeste

WhatsApp Image 2020-06-11 at 16.09.57
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM |Moradores do Beco União, no bairro Santo Antônio, na zona Oeste da capital, denunciaram pela terceira vez a falta de manutenção no esgoto da área. Na tarde desta quinta-feira (11/6) dezenas de casas ficaram alagadas após a chuva que piora a situação de quem enfrenta a falta de saneamento básico.

Publicidade

De acordo com os moradores, o problema é enfrentando há anos no mesmo local, inúmeras denúncias sobre os prejuízos e riscos causados já foram feitas à Prefeitura de Manaus mas infelizmente o serviço de reparo nunca chegou. Enquanto isso, os contribuintes seguem dividindo o espaço em que vivem, com um enorme esgoto que jorra litros de água completamente contaminada.

Em dias de chuva os riscos na área são ainda mais eminentes. Com a força da chuva, o esgoto sobe com muito mais força e muito mais rápido. A água traz com ela, animais peçonhentos, doenças e sujeiras que vão desde garrafas de plástico até fezes humanas.

Enquanto o serviço público municipal não chega, a vizinhança tem que retirar dinheiro do próprio bolso para tentar driblar o descaso. Os próprios moradores decidiram comprar tábuas para aumentar o nível de passagem entre pedestres pois a água já começa a inundar a parte interior das residências situadas no beco.

Dona Maria, 68 anos, é moradora do Beco União há mais de 20 anos. Ela conta que em época de eleição, dezenas de candidatos vão até o local com as mesmas promessas de melhoria da infraestrutura, mas passadas as eleições, os serviços de reparo nunca chegam aos contribuintes.

“Eu fico pensando se esses representantes não sentem igual a gente, se eles não tem coração igual a gente, não tem medo igual a gente. Todos temos as mesmas necessidades, merecemos um mínimo de atenção.”, desabafou a aposentada emocionada. A população no local aguarda um posicionamento da Prefeitura de Manaus em relação às denúncias registradas.

Beco Família

É na companhia de fezes, ratos e um odor quase insuportável, que vivem os moradores do Beco Família, também situado no bairro Santo Antônio, zona Oeste da cidade. Sem manutenção na rede de esgoto, a população denunciou durante a tarde desta quinta-feira (11/6) o verdadeiro abandono vivido pelos contribuintes por parte da Prefeitura de Manaus.

WhatsApp Image 2020 06 11 at 16.08.31

A população desabafa que o problema já vem sendo enfrentando há anos e que mesmo assim, nenhuma autoridade chega ao local para levar um pouco mais de humanidade a quem é praticamente obrigado a viver dentro de um esgoto a céu aberto. Os denunciantes destacam que o problema é causado pela tubulação de esgoto da área que segue sem manutenção.

Em dias de chuva, a água da fossa, que já causa prejuízos diariamente, fica ainda mais intensa e acaba consumindo a parte interna das residências. Enquanto a ajuda não chega, moradores vão subindo o nível do piso das casas por meio de assoalhos construídos com dinheiro retirado do próprio bolso.

Os moradores seguem aguardando um posicionamento da Prefeitura de Manaus em relação aos riscos vividos no local.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias