Dia Mundial Sem Tabaco: confira atendimento em Manaus a quem quer parar de fumar

Sejusc-Dia-Mundial-Sem-Tabaco_Lincoln-Ferreira-Sejusc-1-1536x1023
PATROCINADO
A ENEVA, em um esforço contínuo para fomentar a educação e o crescimento econômico no Amazonas, lidera uma...

Fumantes que desejam se livrar do hábito podem receber suporte especializado em Manaus. No Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado nesta quarta-feira (31), a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) reforça a oferta de serviços voltados à prevenção e combate ao tabagismo, que incluem atendimento personalizado, encaminhamentos e acompanhamento psicossocial.

No ano passado, mais de 6,2 mil pessoas foram atendidas pelos serviços disponibilizados pela Gerência de Política sobre Álcool e outras Drogas (GPAD), da Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH) da Sejusc. Este ano, são quase 1,3 mil fumantes e usuários de álcool e outras drogas já atendidos com escuta qualificada e humanizada, dos quais 72 foram encaminhados para tratamentos de saúde.

Gerenciado por uma equipe multiprofissional, o atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, situado na Rua Salvador, 456, bairro Adrianópolis, zona centro-sul de Manaus. O agendamento pode ser feito por WhatsApp, no telefone (92) 98450-5576, ou enviando um e-mail para [email protected].

A gerente da GPAD, Flávia Ribeiro, explica que a escuta inicia com o chamado primeiro acolhimento, quando psicólogos, assistentes sociais e profissionais de saúde realizam a triagem do paciente. A partir daí a equipe identifica as necessidades e, caso seja necessário, faz o encaminhamento para os tratamentos adequados. Todas as etapas do processo são acompanhadas pela equipe.

“Nossa equipe está disponível, diariamente, para fazer a escuta e receber pessoas que buscam ajuda, voluntariamente, contra tipos de vício, inclusive o de fumar. Quando identificamos as reais necessidades e o perfil do indivíduo, conseguimos encaminhá-lo para a rede de serviços adequada, o que vai desde exames médicos até internações para tratamentos de reabilitação”, explica a gerente.

Trabalho preventivo

A Sejusc também trabalha o combate ao tabagismo com uma frente preventiva. Periodicamente, a GPAD promove ações itinerantes, como palestras didáticas e rodas de conversa, em escolas, associações comunitárias em bairros de Manaus e do interior, e nos centros socioeducativos sob gestão da Sejusc.

Durante as ações, técnicos da GPAD explanam sobre os males à saúde causados pelo uso excessivo do cigarro, incluindo o cigarro eletrônico, também conhecido como vape. Dados estatísticos da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que cerca de 70% dos usuários de vape são pessoas jovens na faixa etária entre 15 e 24 anos.

“Os atos de prevenção e sensibilização abrangem o cigarro, o álcool e as drogas em geral. No caso dos jovens, buscamos abordar com ênfase os malefícios do vape, que pode ser tão prejudicial quanto o próprio cigarro convencional, afinal já se sabe que ele apresenta substâncias tão tóxicas e cancerígenas quanto a nicotina”, destaca Flávia.

Sobre a data

O Dia Mundial Sem Tabaco foi instituído pela OMS no sentido de promover uma mobilização global sobre o tema. Este ano, a entidade escolheu o tema “Precisamos de comida, não de tabaco”, visando desestimular o cultivo do fumo, que contribui para o desmatamento em todo o mundo, e aumentar a produção de culturas mais nutritivas e sustentáveis.

O tabagismo é considerado a principal causa de morte evitável no mundo. É responsável pela morte de cinco milhões de pessoas no planeta, das quais 200 mil somente no Brasil. Além do câncer de pulmão, o cigarro pode causar outras 50 doenças, principalmente problemas ligados ao coração e à circulação.

Foto: Lincoln Ferreira/Sejusc

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Candidatos para cursos técnicos em Silves devem se inscrever a partir desta sexta-feira, dia 5 de abril. São...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE