Familiares de Erlon Gabriel fazem panfletagem no porto da Manaus Moderna


Manaus-AM | No início da tarde desta terça-feira (18), familiares do pequeno Erlon Gabriel, de 2 anos, realizaram uma panfletagem no porto da Manaus Moderna, no Centro da cidade, sobre o caso da criança desaparecida há mais de 10 dias na capital.

O momento também serviu para rebater informações disseminadas nas redes sociais e em grupos de Whatsapp sobre o caso da criança, a partir de uma publicação de autoria desconhecida. A família disse que estão divulgando mentiras de que ele foi assassinado pelo padrasto durante briga com a mãe e teve o corpo enterrado às margens de igarapé.

Anúncios

São muitos informações desencontradas sobre o sumiço de Erlon Gabriel e o caso comove a população amazonense.  A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) segue coordenando as buscas e não confirma nenhuma informação sobre morte do menino.

Valdenice Pinheiro, avó materna da criança, afirmou que a família está sofrendo ameaças de morte e não estão tendo sossego. A mãe da criança teve que sair de casa por conta de ameaças sofridas, segundo a avó do menino. “O que estão dizendo é tudo mentira. Resolvemos fazer essa panfletagem e temos esperança de poder encontrá-lo.”, comentou. 

Na última sexta-feira (14), a Polícia Civil e a Polícia Militar , por meio da CIP Cães fizeram buscas por Erlon Gabriel em uma área de mata e igarapé no entorno da casa da família do pequeno, na comunidade União da Vitória, bairro Tarumã-Açú, zona Oeste. Mas nada foi encontrado.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Receba a seleção das melhores notícias

Você também pode gostar:

error: Este conteúdo é protegido!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram