Programa Estadual de Combate ao Desperdício realiza primeira colheita em creche da rede pública

IMG-20230526-WA0140
PATROCINADO
A ENEVA, em um esforço contínuo para fomentar a educação e o crescimento econômico no Amazonas, lidera uma...

A ação tem como objetivo, destacar a importância da conscientização alimentar e do combate ao desperdício

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), promoveu nesta sexta-feira (26/05) a primeira colheita de hortaliças (quiabo, tomate cereja e coentro) na Creche Municipal Eliana Freitas, como parte do Programa Estadual de Combate ao Desperdício e à Perda de Alimentos (Pcodepa). Localizada no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, a creche foi beneficiada com essa iniciativa que busca conscientizar sobre o aproveitamento dos alimentos e a redução do desperdício.

Uma das ações do programa é o monitoramento da compostagem em baldes, que envolve a transformação de resíduos orgânicos em adubo nutritivo, por meio desse processo sustentável. Com a participação ativa das escolas envolvidas, os baldes de compostagem são monitorados de perto, permitindo que todos compreendam como é possível reaproveitar de forma adequada os restos de comida e outros materiais orgânicos, produzindo um adubo de alta qualidade. Essa atividade prática desperta o interesse pela compostagem e incentiva a redução do desperdício alimentar.

A creche Eliana Freitas foi contemplada com o projeto, recebendo apoio técnico e conhecimento para cuidar das frutas e hortaliças cultivadas no local. A gestora da creche destacou a importância desse projeto: “Nossa escola foi agraciada com esse maravilhoso projeto. Além de receber todo o apoio e conhecimento técnico, ensinamos aos nossos alunos a cuidar das frutas e hortaliças plantadas aqui”, ressaltou.

Outra ação relevante realizada pelo programa é a aplicação de defensivos naturais contra pragas na horta. Ao invés de utilizar produtos químicos prejudiciais ao meio ambiente e à saúde, o programa promove o uso de defensivos naturais, que são seguros e eficazes. Essa prática tem como objetivo proteger as plantas e garantir a saúde da horta sem comprometer o equilíbrio ecológico. Ao aprender sobre os defensivos naturais e sua aplicação correta, os participantes são encorajados a adotar métodos mais sustentáveis de controle de pragas em seus próprios cultivos.

FOTOS: Rhuan Luz / Sepror

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Candidatos para cursos técnicos em Silves devem se inscrever a partir desta sexta-feira, dia 5 de abril. São...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE