Lar Batista Janell Doyle recebe 390 pacotes de fraldas descartáveis do Detran-AM e FPS

FOTO Paulo Bahia (2)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus-AM | Representantes do Lar Batista Janell Doyle receberam, na manhã desta quarta-feira (08/01), 390 pacotes de fraldas descartáveis do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) e do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). A entrega dos materiais de cuidado infantil, que foram arrecadados durante cursos ofertados pelo Departamento de Trânsito, visa contribuir com a manutenção da instituição.

Publicidade

A diretora-presidente em exercício do Detran-AM, Edslângela Rodrigues, participou da entrega das fraldas, acompanhada da secretária executiva do FPS, Kathelen Santos, e da gerente de Cursos e Qualificação do Servidor, Helaine Laborda. Edslângela ressalta que a ação faz parte da nova cara do Detran-AM, que também tem como foco a cidadania.

“Participar de ações como essa é uma forma de mostrar que o Detran-AM também é uma instituição voltada ao social, atuando com entidades sérias como o Lar Janell Doyle. É importante para nós fazermos parte. Neste ano, iremos intensificar as arrecadações, fazendo parte de um governo cada vez mais cidadão”,  reforçou Edslângela Rodrigues.

Kathelen Santos destacou a atuação do Departamento de Trânsito em 2019 e reforçou a parceria entre o Fundo de Promoção Social e o órgão para este ano.”Neste ano, o FPS e o Detran estão com a parceria ainda mais forte, para que possamos fortalecer as instituições, como os abrigos, que têm um trabalho de extrema importância no nosso estado”, acrescentou a secretária executiva do FPS.

Lar Batista Janell Doyle – É uma entidade beneficente de assistência social que atua como acolhimento para crianças e adolescentes, e também como serviço de convivência e fortalecimento de vínculos para as famílias da comunidade do Mauazinho. Filiada à Convenção Batista do Amazonas, foi inaugurada em 12 de outubro de 1996 e atualmente atende 150 crianças e adolescentes.

“Aqui nós atuamos com acolhimento institucional, acolhimento familiar, em família acolhedora. Trabalhamos também um serviço de convivência e fortalecimento de vínculos que são com as famílias e crianças da comunidade, além do trabalho de abordagem social de rua”, disse a diretora do Lar, Magali Araújo.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias