Suspeito de assassinar sargento do Exército revela que recebeu R$ 65 mil de mandantes do crime

Imagens: Paulo Cesar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
PATROCINADO
MANAUS | Nas últimas semanas diversas cidades brasileiras começaram a divulgar prazos para o fim do uso da...

MANAUS-AM| O suspeito de assassinar o sargento do exército Lucas Guimarães, recebeu R$ 65 mil dos mandantes do crime. A informação foi confirmada pelo delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Ricardo Cunha.

Durante confissão, o suspeito identificado como Silas Ferreira da Silva, 26 anos, informou que o pagamento foi feito em espécie e feito por meio de um intermediário.

“Esse individuo já confessou a sua participação aqui na delegacia. As investigações estão todas bem delineadas nesse sentido e não vão parar até que a gente consiga fazer a ligação entre esse executor com os possíveis mandantes desse crime”, afirmou o delegado.

Ainda segundo o delegado, o homem foi contratado por meio de um intermediário, que fez o pagamento e forneceu os materiais para o crime. Além disso, Silas disse em depoimento que não sabia que Lucas era do Exército.

O acusado foi preso na noite desta segunda-feira (22), na casa da mãe que fica localizada no bairro Colônia Antônio Aleixo.

O caso segue sob investigação policial.

Relembre o caso:

Caso Sgt Lucas: suspeito de atirar em sargento do Exército assassinado em cafeteria é preso

Foto: Paulo Cesar

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
MANAUS-AM| Em todo o Amazonas, já foram aplicadas quase 5 milhões de doses contra a Covid-19. E para...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias