Bombeiros fazem 2º dia de buscas por vítimas de naufrágio; jão são 11 mortos

WhatsApp-Image-2022-09-08-at-12.28.05
PATROCINADO
Conhecido como “O Gigante do Norte” o Bazar da Rayana em clima de Natal, acontecerá neste sábado (03)...

PAÍS| O estado do Pará entrou em choque com a tragédia ocorrida na manhã de quinta-feira (8), onde uma embarcação que deixou a ilha do Marajó rumo a Belém naufragou nas proximidades da ilha de Cotijuba. As informações são do Dol.

Até o momento, as informações divulgadas pela Marinha e Corpo de Bombeiros dão conta de que, ao menos, 82 pessoas estavam na lancha Dona Lourdes II, que fazia o transporte entre o porto do Camará, no município de Cachoeira do Arari e o trapiche de Icoaraci, na capital paraense.

Nesta sexta-feira (9), o Grupamento de Resgate do Corpo de Bombeiros Militar do Pará atua desde as primeiras horas da manhã na busca pelos oito desaparecidos no naufrágio. Os trabalhos serão concentrados no interior da embarcação, a qual ainda se encontra no fundo das águas barrentas da Baía do Marajó.

Foto: Reprodução

Até aqui, corpos de 11 pessoas já foram encontrados. A Polícia Científica do Pará, em nota, afirma que cinco vítimas já foram identificadas e tiveram os corpos necropsiados, aguardando a liberação para os familiares. Dois já foram liberados e um passará pelos exames ainda nesta manhã.

Além disso, os corpos cujos familiares não apareçam serão mantidos no Centro de Polícia Científica até que sejam identificados.

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
A capital amazonense é conhecida nacionalmente pela beleza e imensidão da floresta amazônica, por sua zona franca, pelo...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE