Projeto iniciado por cabo da Polícia Militar torna-se Evento de MMA voltado para a prática do esporte com inclusão de policiais atletas

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram

Manaus | Na manhã deste sábado (20), o treinamento de atletas que irão concorrer a 1ª edição do ” Skull Champion” que ocorrerá no dia 27 de julho em Manaus, foi acompanhado pelo site Imediato, no Centro Social Urbano – CSU parque 10, localizado Avenida Perimetral, 22 – Parque Dez de Novembro, zona sul.

Cabo da Polícia, Carlos Alberto Santos Belém ,35 , criou um projeto social, onde a intenção, é trazer atletas policiais para atuarem nas Artes Marciais Mistas, criando assim a 1ª edição do “Skull Champion”, que trazem como lutadores o cabo da Força Tática, Victor Castro e o soldado Filipe, ambos, admiradores da arte de lutar.

Anúncios

O cabo Belém falou sobre o evento,
“Evento de MMA como o “Skill Shampion ” será realizado no dia 27 de julho ,a partir das 19:30 na quadra da escola Estadual Dulcineia Varela no bairro Novo Israel, dando oportunidade aos policiais militares que nós temos dentro da corporação ,que são praticantes de artes marciais, mostrando no seu trabalho que, além da farda, também existe um esportista, existe um pai de família, que tem uma vida paralela”.

Filipe, soldado da polícia militar, lotado na sede do Comando Geral, destacou, “Particularmente, acho que todos os policiais militares deveriam treinar ,se preparando, treinando todo os dias, eles passam a ter mais sintonia consigo mesmo.

“Todos os policiais deverão ter um treinamento de artes marciais, para ter um melhor condicionamento, oferecer um serviço melhor a população,isso evitaria alguns problemas na rua , e arma de fogo, ela é usada em última situação, e em algumas vezes, é necessário o uso da força, para mobilizar o outros, vai ter que usar um pouquinho ali da força física ,e você treinando você se torna preparado para isso,” explicou o Cabo Victor Castro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário