Pulseiras do #SouManaus estão sendo comercializadas em site de vendas por até R$ 200 reais

WhatsApp Image 2023-08-31 at 14.20.40 (2)
PATROCINADO
Ao longo de toda a história do Site Imediato Online, a comunidade sempre esteve presente, sendo a principal...

Manaus-Am | Em sites de vendas de compra e venda na internet, as pulseiras estão sendo comercializadas a preços entre R$ 50 e R$ 200, principalmente para o show do DJ David Guetta. Pulseiras ‘Sou Manaus 2023’ comercializadas na internet.

Logo após a Prefeitura de Manaus iniciar a troca do segundo lote de pulseiras que garantem o acesso gratuito ao “SouManaus – Passo a Paço 2023”, pessoas que adquiriram as entradas começaram a comercializaram os ingressos em sites de compra e venda na internet. O evento acontece no Feriadão da Independência, no Centro da capital.

Nos anúncios, as pulseiras estão sendo comercializadas a preços que variam entre R$ 50 a R$ 200, principalmente para o show do DJ David Guetta, que acontece no dia 5 de setembro. Há também ofertas para a apresentação do cantor Zeca Pagodinho, que faz show no dia 6.

Em uma das postagens, um homem diz que não poderá participar pois estará trabalhando: “Vendo uma pulseira para o show de Zeca Pagodinho e Marina Sena”, postou.
Já outro anunciante postou: “Vendo uma pulseira para o show do David Guetta, Zé Felipe e Virgínia por R$ 50”.

Em uma outra publicação, uma mulher também cita que estará trabalhando no dia do evento, mas negocia o ingresso por um valor bem superior aos demais: “Estarei trabalhando no dia do evento, por isso vendo duas pulseiras, cada uma no valor de R$ 200”, disse a mulher.

Para ter acesso aos shows do Sou Manaus, era necessário trocar 30 garrafas pet ou um 1kg de alimento não-perecível para conseguir uma pulseira que, segundo a prefeitura, só permite acesso a um dos palcos do evento, por dia.

Foto: Reprodução

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Dia após dia, os internautas de todo o país estão em busca de notícias policiais, e o programa...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE