Filha de Dudu Nobre e Bombom volta à internet após sofrer abuso

lily-nobre-24012023181746336
PATROCINADO
Agora, a saúde é levada a sério!A Prefeitura segue com seus cuidados à população. Mais uma unidade de...

Olívia Nobre, filha de Dudu Nobre e Adriana Bombom, voltou às redes sociais após ser vítima de abuso sexual. Lily, como é conhecida, gravou Stories agradecendo o carinho que recebeu dos internautas e comentou a violência sofrida.

Lily Nobre agradece apoio que recebeu dos internautas após sofrer abuso sexual. (Foto: Reprodução)

“A maioria já sabe o que aconteceu comigo, foi uma situação horrível, mas estou melhor. Já comecei o meu tratamento com a psicóloga, que acho muito importante ter uma pessoa ajudando a gente a desabafar cada vez mais”, disse a jovem.

Desde que foi violentada, a cantora se afastou das redes sociais e ainda não havia comentado o caso. Ela explicou que preferiu ficar longe da internet e aproveitou para passar esse tempo com pessoas próximas que deram apoio para ela. Mesmo assim, Olívia disse que leu diversas das mensagens que recebeu e agradeceu o carinho dos internautas.

“Eu me afastei esse tempo porque achei necessário ficar um pouco distante do Instagram, das redes sociais. Desde já, estou passando aqui para agradecer todo mundo que me mandou mensagem, me senti super acolhida”, falou.

“Não quero que a minha vida pare por essa situação. O real motivo de ter me afastado é porque queria ficar um pouco com a minha família, com as pessoas que estão comigo no dia a dia me dando todo carinho, apoio e suporte possível”, concluiu.

Lily Nobre prestou queixa do abuso sexual na 42ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro, localizada no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste da cidade. O crime teria ocorrido em uma festa chamada Resenha. Por lá, Olívia, nome de batismo da cantora, teria sido estuprada por mais de uma pessoa.

Foto: Reprodução / Internet

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Ei estudante, vai perder o benefício da meia-passagem no transporte público?Não? Então corre para fazer o cadastro e/ou...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE