Professor Marcos Frederico kruger é o novo imortal da AAL

Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus-AM | No dia 08 de agosto, aconteceu a posse de Marcos Frederico Krüger como imortal na Academia Amazonense de Letras.

Publicidade

O mais novo membro da Casa de Adriano Jorge foi eleito em Assembleia Geral
realizada no dia 27 de Abril para assumir a cadeira nº 30, cujo patrono é Araripe
Júnior disponibilizada para candidaturas no Edital 03/2017, na sucessão ao escritor
Armando Menezes.

Marcos Frederico Krüger Aleixo nasceu em Manaus, em 1949 e durante sua
trajetória literária já publicou diversos artigos em livros e revistas.
Doutorado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro- PUCRJ,
publicou estudos sobre a mitologia amazônica e o desenvolvimento da poesia no
estado.

Seu ensaio literário A sensibilidade dos punhais, publicado em 2007 venceu o
Prêmio L. Ruas, da Prefeitura Municipal de Manaus. Em seu período de professor da
Universidade Federal do Amazonas orientou diversos trabalhos dedicados ao estudo
do Amazonas, sua mitologia e criação literária.

Para o presidente do biênio 2018-2019, Robério Braga, com o ingresso do novo
imortal a Casa de Adriano Jorge fica ainda mais enriquecida de conhecimento.
“É uma honra receber o professor para ocupar a cadeira de número 30. Cadeira que
nasceu junto com a casa em 1918, patronada por Araripe Júnior. Marcos Frederico é
um pesquisador festejado na cultura popular e debates literários, esta Casa
comemora seu acolhimento reconhecendo a grande contribuição que o mesmo
certamente trará! ” disse o presidente

O novo membro do Silogeu será recebido pelo Acadêmico Zemaria Pinto, que fará o
discurso de saudação. A cerimônia de posse acontecerá na Casa de Adriano Jorge
com a presença dos acadêmicos, convidados e familiares, a partir das 20h.
Para saber mais sobre as atividades da Academia Amazonense de Letras, acesse o
site e acompanhe as redes sociais.

LEIA MAIS

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias