Dois réus do julgamento do massacre do Compaj são condenados

52387382687_f298e7ef97_c

Manaus – AM | Por volta das 5h da manhã desta quarta-feira (28), a 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus condenou os réus Gelson Lima Carnaúba e Marcos Paulo da Cruz, acusados da morte de 11 detentos e um agente penitenciário, no dia 25 de maio de 2002, no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus.

Francisco Álvaro Pereira foi absolvido pelo Conselho de Sentença. Gelson Lima Carnaúba foi condenado por nove homicídios qualificados com a pena ficando em 48 anos de prisão em regime fechado.

Marcos Paulo da Cruz foi condenado por oito homicídios qualificados com a pena sendo dosada em 32 anos de prisão em regime fechado. Marcos responde ao processo em liberdade e assim vai continuar até o trânsito em julgado da sentença.

O julgamento começou na segunda-feira (26) pela manhã e foi encerrado às 5h30 desta quarta-feira.

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Não precisa ir muito longe, certamente você conhece alguém que já teve problemas com bancos, não é mesmo?...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE