Restaurantes conseguem atender a grande demanda do Dia das Mães por delivery

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Bacalhau-Filho-dMãe-2_CRED_Vitor-Faria


Manaus – AM | O dia das mães é uma das épocas mais importantes não só para o segmento de alimentação, mas para o comércio em geral. A preocupação deste ano, em meio de uma epidemia que originou o fechamento de todos os estabelecimentos do mercado, e já dura dois meses, seria como fazer para atender a população em geral com todas as regras da OMS (Organização Mundial de Saúde), continuar pagando o salários dos funcionários, continuar pagando fornecedores e parceiros em geral, em meio ao caos de contaminação.

Publicidade

Tendo a problemática em vista os empresários do Amazonas começaram a se reinventar para tentar atender uma parte de suas perspectivas em relação ao cenário atual. Domingo agora, Dia das Mães, foi um grande exemplo desse desenvolvimento das atividades, 50% dos restaurantes que se mantem abertos ficaram com a responsabilidade de atender a população através de delivery e entrega no balcão. 

O presidente da Abrasel no Amazonas, Fábio Cunha, diz: “Sabemos o quanto é difícil atender uma demanda que sempre foi dos salões dos restaurantes e este ano foi transformada em delivery e entrega no balcão. Somente quem está do outro lado compreende o quanto complexo foi realizar esse trabalho. Mesmo assim conseguimos atender a demanda de acordo com nossas condições atuais de trabalho”.

O presidente também afirma que não atingiram uma quantidade maior de pedidos, que seria ótimo para o comércio que não está nada aquecido, por conta de diversos acontecimentos que se sucederam no domingo do Dia das Mães, e finaliza pedindo a compreensão de todos e o agradecimento das pessoas que utilizaram o serviço.

“Devido a problemas externos, como: chuva, falta de energia, instabilidade na conexão de internet, problemas técnicos nas plataformas de delivery, IFood sem atendimento e o colapso na emissão de notas fiscais, alguns de nossos associados tiveram o fluxo de entrega obstruído, gerando atrasos e reclamações. A Abrasel lamenta profundamente, pois sabe da importância desse dia, tudo foi preparado antecipadamente, entretanto, tais problemas fogem do controle.”, afirmou o presidente.

Projeto em atividade no mercado

A Abrasel lançou o primeiro festival 100% digital, o “Festival Comer Bem”, que oferece ao público a oportunidade de degustar pratos especialmente escolhidos para o evento, a preços diferenciados, com descontos de 20% a 50%. O público pode acessar o site www.comerbemabrasel.com.br e ter acesso a todos os restaurantes que estão participando deste projeto e seus respectivos pratos, onde o cliente tem a possibilidade de escolher a maneira que quer receber seu pedido, pelo delivery, take away ou drive thru. 

O projeto tem seu lado social onde todo o valor das inscrições será usado para compra de alimentos a serem doados para instituições, que serão definidas em um segundo momento. A meta da Abrasel no Amazonas é arrecadar uma 1 tonelada de alimentos. O projeto tem seu lado social onde todo o valor das inscrições será usado para compra de alimentos a serem doados para instituições, que serão definidas em um segundo momento. A meta da Abrasel no Amazonas é arrecadar uma 1 tonelada de alimentos.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias