BMW Group e UNICEF anunciam parceria educacional no Brasil para 2024 

14 – years – old Malikanu Gopal took life skill training and she learned the importance of Inclusion, participation, empathy and communication.Teaching and learning life skills are incredibly important for empowering children and young people to achieve success in education, employment and personal goals. Nevertheless, few education systems have integrated life skills into their education systems. Some of the reasons for this are challenges concerning the lack of knowledge as to what life skills are, how life skills can be taught and learnt, and how life skills can be measured, assessed and evaluated.What are life skills?
Life skills are transferable skills that enable individuals to deal with everyday life, and to progress and succeed in school, work and societal life. They are comprised of skills, attitudes, values, behaviours and domain-based knowledge. They can be learnt throughout life though there are optimal ages when interventions targeting specific skills are most likely to be effective.
How can life skills be taught?
There are a set of principles that are said to be most effective for teaching and learning of life skills – learning to children and young people’s participation and cooperation, learning through practicing life skills through real-life experience, learning in a safe environment coherent with the values being taught, and the use of explicit instruction and targeted interventions.
How can life skills be measured?
Quality measures for assessing life skills would enable education decision makers and practitioners to track current level of life skills proficiency and destruction across target population, identify progress of policies designed to enhance life skills, as well as to inform on the nature and scope of potentially useful interventions.
This publication provides a discussion of the state of the art of existing instruments to measure life skills, overall challenges of measuring life skills, and innovations in instrument d
PATROCINADO
Ao longo de toda a história do Site Imediato Online, a comunidade sempre esteve presente, sendo a principal...

A parceria contribuirá para o objetivo global da UNICEF de atingir 10 milhões de crianças e jovens a cada ano por meio da educação. O apoio de longo prazo do BMW Group, com um compromisso inicial de sete anos, ajudará a fornecer educação e desenvolvimento de habilidades em ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM) para crianças e jovens na África, Ásia e Américas Central e do Sul. 

Os empregos relacionados à STEM são o motor do crescimento econômico global, mas prevê-se que milhões desses empregos não serão preenchidos devido a uma lacuna nas habilidades. O problema é mais grave em países de baixa e média renda e muito mais prevalente entre meninas e mulheres. Atualmente, as mulheres constituem uma minoria tanto na educação quanto nas carreiras STEM, representando apenas 28% dos graduados em engenharia, 22% dos trabalhadores de inteligência artificial e menos de um terço dos funcionários do setor de tecnologia em todo o mundo. 

“Os jovens de todo o mundo têm o poder e a criatividade para influenciar as sociedades para melhor”, diz Georg Graf Waldersee, Presidente do Conselho de Administração do UNICEF Alemanha. “Precisamos capacitá-los e apoiá-los para que possam se tornar os inovadores e agentes de mudança de amanhã. Porque a transformação sustentável e o caminho para um mundo mais justo e seguro começam onde as mentes jovens se reúnem e descobrem seu potencial – em salas de aula ou laboratórios de trabalho. Estamos orgulhosos e gratos pelo fato de o BMW Group nos acompanhar e apoiar nessa jornada como um forte parceiro do setor privado.” 

“No BMW Group, acreditamos que a educação é o motor que impulsiona o desenvolvimento de nossa sociedade”, afirma Ilka Horstmeier, Membro do Conselho de Administração da BMW AG, Diretora de Recursos Humanos, Instalações e Relações Trabalhistas. “Com a UNICEF, temos um parceiro de longa data ao nosso lado que compartilha dessa opinião. Portanto, estou muito satisfeita por unirmos forças com nossa colaboração global a longo prazo a partir de agora. Juntos, faremos a ponte entre a escola e a vida profissional, além de possibilitar a transferência de conhecimento.” 

Ilka Horstmeier continua: “Não é importante apenas para nós estarmos engajados em nível global, mas também em nível local. É por isso que, junto com a UNICEF, nos envolvemos nas unidades do BMW Group em todo o mundo. Além disso, é ótimo que possamos dar à nossa rede diversificada de partes interessadas a chance de se envolver e participar da parceria para garantir a educação básica para crianças em situações de crise.” 

Após o lançamento da colaboração entre o BMW Group e o UNICEF na África do Sul em 2023, a parceria será expandida em 2024 para o Brasil, China, Índia, México e Tailândia – todos com necessidades de programas e com presença do BMW Group. A colaboração apoiará programas que vão desde o fornecimento de equipamentos de laboratório até o desenvolvimento de um currículo personalizado de treinamento de professores, desde mentorias até acompanhamento de empregos. Com isso em mente, o BMW Group não está apenas fornecendo apoio financeiro no valor de dois milhões de euros por ano até 2030, mas também contribuindo com sua própria experiência e rede. 

Além disso, em 2024, o BMW Group unirá forças com sua rede global de afiliadas e com o envolvimento das partes interessadas para arrecadar fundos para apoiar o trabalho do UNICEF em emergências e crises prolongadas, garantindo assim a continuidade do aprendizado das crianças em ambientes seguros. 

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Dia após dia, os internautas de todo o país estão em busca de notícias policiais, e o programa...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE