Projeto Vale Sonhar orienta adolescentes sobre gravidez na adolescência

08.14.2018 CRAS Proj. Vale Sonhar - Foto Claudia Ferreira (202)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

EDUCAÇÃO | A prefeitura de Boa Vista está desenvolvendo nas escolas da rede estadual de ensino o projeto Vale Sonhar, com a finalidade de trabalhar a prevenção da gravidez na adolescência. O projeto é realizado por meio de oficinas com a utilização de material pedagógico e elaborado pelo Instituto Kaplan – Centro de Estudos da Sexualidade Humana. A metodologia foi implementada pela prefeitura este ano.

Publicidade

Os alunos da Escola Estadual Camilo Dias, no bairro Liberdade, começaram as atividades na manhã desta terça-feira, 5, com a primeira oficina, que traz a reflexão como uma gravidez não planejada nesta fase da vida pode trazer sérias consequências aos sonhos e futuro profissional.

“É um projeto que faz o adolescente pensar em si mesmo e no seu futuro por meio de oficinas e dinâmicas trazendo o despertar de seus sonhos em relação a sua vida e trabalho, é um projeto que tem trazido bons resultados em outras cidades, com a redução da gravidez na adolescência e é esse resultado que queremos alcançar aqui”, explica a enfermeira Ivanilsa Alves Costa.

A estudante Vitória Oliveira, de 16 anos, afirma que o projeto é uma excelente iniciativa, pois desperta a visão de futuro. “Foi uma ótima experiência! Durante as dinâmicas da oficina, eu pude pensar bastante no meu futuro e de como se estivesse grávida poderia sofrer sérias consequências, tanto eu como a criança, é uma responsabilidade muito grande e que precisamos evitar para ter um futuro melhor”, disse.

Mais de 80 profissionais foram capacitados em julho deste ano e receberam os kits de jogos pedagógicos para realizarem as atividades nas escolas. Até o momento, cinco escolas já receberam as equipes de profissionais das unidades básicas de saúde Liberdade, Mariano de Andrade (Caranã), Jardim floresta, Asa Branca e Arminda Gomes (Alvorada).

Oficinas – O projeto deve ser implantado em nove escolas e contempla três oficinas. Na primeira, o adolescente identifica seu projeto de vida e qual seu sonho para o futuro. Na segunda, o aluno é levado a conhecer seu corpo e de como evitar risco de gravidez, e a última atividade aborda os métodos contraceptivos.

As oficinas na Escola Camilo Dias promovidas pelos profissionais da unidade básica de saúde do Liberdade ocorrem todas as terças-feiras, até o dia 10 de dezembro. A previsão é de que mais de 400 alunos passem pelas atividades.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias