Goleiro Bruno e mais 16 jogadores são internados com suspeita de intoxicação alimentar

Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

ESPORTE | Neste domingo (18), a delegação do Rio Branco -AC, hospedada em Bragança, no Pará para mais um jogo contra o Bragantino-PA, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, acabou passando por uma situação difícil.

Publicidade

Durante a madrugada, 17 jogadores se sentiram indispostos com sinais de infecção intestinal e precisaram de atendimento médico, em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. A última refeição, antes do ocorrido, foi o jantar do hotel.

Um dos jogadores que passou muito mal foi o goleiro Bruno, segundo o jornalista Jairo Barbosa, que disse que a suspeita é de intoxicação alimentar. O meia Guilherme Campana também apresentou forte sintomas. Ele e Bruno foram os que ficaram em condição mais preocupante. Os jogadores precisaram ficar na UPA até as 4h.

img 20201018 wa0011 1

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

Com isso, o presidente do Estrelão, Valdemar Neto, entrou em contato com o presidente da Federação de Futebol do Acre (FFAC), Antônio Aquino Lopes, para que o dirigente, que é um dos vice-presidentes da CBF, possa intervir para que a partida contra o Bragantino-PA seja cancelada e remarcada para data posterior.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias