Manaus FC perde nos pênaltis e Brusque leva a Série D do Brasileiro

6A47CAC6-EAC6-4AB4-BB3E-3F3F9149EAC7
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus-AM| Foi por muito pouco que o Manaus FC não levantou a taça como o campeão Brasileiro da Série D. Após empate em 2 a 2, pela segunda vez, o time do Vale converteu todas as cobranças e fechou o placar em 6 a 5

Publicidade

O Brusque Futebol Clube é o campeão da Série D do Campeonato Brasileiro. Após empate em 2 a 2 com o Gavião do Norte, neste domingo (18), na Arena da Amazônia lotada. O Time do Vale do Itajaí levou a melhor nos pênalti ao acertar todas as seis cobranças, Márcio Passos do Gavião errou a última cobrança dando a vitória aos visitantes.

O Jogo

O jogo mais esperado dos manauaras. Arena da Amazônia lotada, com mais de 44 mil torcedores, o termômetro marcava pouco mais de 30 graus, quando deu inicio a partida.

O duelo entre o Manaus FC e Brusque também começou quente, com menos de dois minutos, os visitantes abriram o placar com o atacante Júnior Pirambu que não desperdiçou o vacilo que a zaga do Gavião deu, o instinto de artilheiro falou e, de calcanhar mandou a bola para o fundo da rede, abrindo o placar. Foi o décimo gol marcado por Pirambu, artilheiro isolado da competição.


6F52C680 D093 4337 A4DE A9AA53E94888

A torcida empurrava o plantel esmeraldino que partiram para o ataque e logo chegaram à igualdade. Aos sete minutos, em cobrança de falta, Panda levantou bola na área, o capitão Derlan escorou de cabeça e Sávio mandou a bola para o gol, empatando o jogo em 1 a 1.

O jogo seguiu “pegado”. Aos 13 minutos, os donos da casa voltaram a marcar. Diogo Dolem aproveitou o rebote do chute de Evair, mas a arbitragem anulou o gol, indicando impedimento no lance.

As duas equipes passaram investir bastante no ataque, levando suspiros dos torcedores presentes nas arquibancadas da Arena, mas, o primeiro tempo ficou no 1 a 1.

Segundo Tempo

Na volta do intervalo, as equipes voltaram na pressão. Aos 14 minutos, após cobrança de escanteio, Mateus Oliveira meteu a cabeça na bola e fez a alegria da torcida amazonense, mexendo no placar: 2 a 1 para o Gavião.

Quando o jogo parecia já ter o destino traçado, aos 36 minutos, no bate e rebate dentro da área, Thiago Alagoano pega sobra de fora da área e marcou o segundo do Brusque, deixando tudo igual, encaminhando a partida para os pênaltis.

Pênaltis

1612C892 F89A 42FF B762 B9207AB756CB

Nas cobranças de pênaltis, todas foram convertidas na sequência alternada. Apenas Marcio Passos do Manaus, chutou para fora. Sendo assim, o Brusque é campeão do Campeonato Brasileiro Série D 2019.

Ficha técnica:
Manaus Futebol Clube
Jonathan, Igor, Thiago Spice, Martony, Sávio (Vitinho), Derlan, Panda, Diogo Dolem( Charles), Evair (Márcio), Vandinho e Mateus Oliveira.
Técnico: Welington Fajardo

Brusque Futebol Clube
Zé Carlos, Edilson, Cleitão, Magrão, Ruan, Airton, Fio (Leilson), Thiago Alagoano, Júnior Pirambu, Gama, Jefferson Renan (Thiago Henrique)
Técnico: Waguinho Dias.

Arbitragem: Edina Alves Batista, auxiliada por Alex Ang Ribeiro e Daniel Paulo Ziolli.
Público: 44.896 pessoas
Renda: R$ 1.192.010,00

Reportagem: Sergirlane Azevedo – especial para Imediato

Leia mais

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias