Nacional Futebol Clube disputará Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020

FAF4
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus-AM | Com vaga para disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020, a equipe do Nacional Futebol Clube vai contar com o apoio do Governo do Estado neste desafio. As passagens aéreas para participar da competição foram viabilizadas pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar). A delegação amazonense será composta por 25 integrantes, entre eles, 20 atletas e cinco membros da comissão técnica.

Publicidade

Com início no dia 2 de janeiro e término no dia 25 do mesmo mês (ocasião em que é comemorado o aniversário da cidade de São Paulo), a Copinha, como é mais conhecida a principal competição de base do país, será disputada por 128 times, divididos em 32 grupos. Representante do Amazonas, o Nacional faz parte do grupo 6, juntamente com as equipes Velo Clube – SP, Paraná – PR e RB Brasil – SP.

O grupo azulino chega em solo paulista na próxima quarta-feira (1º/01) e fará sua estreia na sexta-feira (03/12), às 19h15 (horário de Brasília), contra o Paraná – PR, no estádio Benito Agnello Castelani, na cidade sede, em Rio Claro – SP. O segundo desafio do Leão da Vila Municipal será no dia 6 de janeiro, às 17h (horário de Brasília), contra o Velo Clube – SP. Já no dia 9 de janeiro, o Nacional jogará contra o RD Brasil, às 17h, finalizando a 1ª fase.

De acordo com o técnico da equipe, José Ribamar, os treinos para a competição tiveram início em setembro e desde lá a equipe segue firme em busca de um resultado positivo na competição. “Os atletas que irão participar da Copinha já foram definidos e na tarde desta sexta-feira (27/12) faremos a divulgação da lista de convocados, após o treino, no CT do Nacional. Além do trabalho específico, que nestes últimos três dias estão apenas em fase de ajustes, também participamos do Amazonense Sub-21, que serviu como uma preparação complementar para a competição”, avaliou.

O diretor-presidente da Faar, Caio André de Oliveira, falou sobre a importância do incentivo ao esporte de base. “Investir no esporte é de fundamental importância, principalmente quando se fala em esporte de base, que são aqueles atletas que já estão sendo desenvolvidos para aperfeiçoar ainda mais a modalidade que está sendo praticada. Desde já estamos torcendo pelos melhores resultados na competição e confiantes na força dos representantes amazonenses”, destacou.

Expectativa – Para o chefe da delegação amazonense, Thiago Durante, as expectativas para a Copa São Paulo são as melhores. “Acredito que o Nacional fez um bom trabalho preparando a equipe e a expectativa é a melhor possível. O objetivo maior nesse primeiro momento é passar para a 2ª fase, algo que não acontece há mais de 10 anos”, explicou.

Classificação – Para ter o direito de participar da Copinha, o Nacional chegou até às semifinais do Campeonato Amazonense Sub-19, ocasião em que garantiu uma vaga na final, ao derrotar a equipe do E.C. Tarumã po 4 a 3, no estádio Ismael Benigno (Colina), em julho deste ano. Mas a partida final não chegou a ser realizada, por conta de uma decisão do Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJDAM), datada do dia 11 de setembro de 2019 e lançada por meio de Nota Oficial no site da Federação Amazonense de Futebol (FAF), que decidiu considerar a equipe nacionalina como única finalista e, portanto, campeã da competição, tendo em vista a desclassificação, por decisão judicial, do time adversário do Nacional, na final.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias