Caso Flávio: Audiência de instrução deve ser retomada nesta terça-feira (28)

Foto: Reprodução
PATROCINADO
Manaus – AM| Neste sábado dia 21 de Maio, a Empresa Bazar da Rayana Eventos que vem crescendo...

JUSTIÇA | A Audiência de Instrução do homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues, assassinado em 29 de setembro de 2019, que seria retomada no dia 1º de setembro deste ano, tem continuação prevista para esta terça-feira (28) e quarta-feira (29). Nesta fase, serão ouvidos os réus do caso: José Edvandro Martins de Souza Júnior; Mayc Vinícius Teixeira Parede, além dos enteados do ex-prefeito Arthur Neto, Alejandro Molina Valeiko e Paola Molina Valeiko.

No início deste mês, a retomada da audiência que estava marcada para o dia 1º foi adiada para os dias 28 e 29 após o réu Elizeu da Paz alegar incapacidade de comparecer ao tribunal ou depor remotamente. Segundo a defesa do ex-PM, o réu estava doente e sem condições de ir ao Fórum Ministro Henoch da Silva Reis ou depor por vídeo conferência. O juiz Celso de Paula, que preside a audiência, afirmou que os outros advogados de defesa foram consultados e ficou definida a nova data.

Segundo o Juízo da 1ª Vara do Tribunal do Júri, a unidade recebeu decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), que informava a necessidade de suspender as audiências até que fossem sanadas todas as pendências processuais. O juiz de direito, Celso Souza de Paula, que conduz a instrução processual, explicou que recebeu a decisão do STF e encaminhou ofício ao ministro informando que todas as peças solicitadas pela defesa dos réus estão nos autos, não havendo mais a necessidade da suspensão da audiência, mas que a continuidade da mesma depende do ministro Gilmar Mendes acatar o que consta no ofício enviado pela 1ª Vara do Tribunal do Júri e liberar a realização da audiência.

A audiência vai acontecer no modo presencial. Pela ordem, o juiz Celso Souza de Paula vai ouvir as testemunhas de defesa que não foram ouvidas em julho – por não terem comparecido à audiência- e, por último, fará o interrogatório dos réus. Serão interrogados primeiro os réus presos e depois os réus que respondem em liberdade.

A Audiência foi iniciada em 27 de julho deste ano, em um dos Plenários do Tribunal do Júri, no Fórum Henoch Reis, bairro Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus. Naquele dia, foram convocadas para o interrogatório as testemunhas de acusação. Também foram convocados para o interrogatório cinco peritos, além do sobrevivente do ataque a facas Elielton Magno.

“Depois que todas as testemunhas forem ouvidas, passamos para o interrogatório dos cinco acusados. As testemunhas são as pessoas que estavam na casa, no dia do fato, e outras que no desenrolar de investigações foram convocadas ao processo. Se demandar mais tempo, conforme o tempo que as pessoas ouvidas levem para falar o que tiverem a dizer, nós ficaremos o tempo que precisar para concluir esse processo”, disse, naquele mês, o juiz Celso Souza de Paula.

LEIA MAIS SOBRE CASO FLÁVIO:

O caso

O crime brutal ocorreu no dia 29 de setembro de 2019 e chocou o Amazonas. Naquela data, o engenheiro Flávio Rodrigues, passou parte do dia na casa de Alejandro Valeiko, no condomínio Passaredo, zona Oeste da cidade. Na casa também estavam: Elielton Magno de Menezes Gomes Júnior, Vittorio Dell Gato, José Edvandro Martins de Souza Júnior, além do anfitrião. Na tarde do dia seguinte, segunda-feira (30/9/2019), o corpo de Flávio foi encontrado em um terreno baldio no bairro Tarumã, também na zona Oeste.

Os presentes na casa alegaram, em primeiro momento, que dois homens encapuzados teriam entrado na residência e sequestrado Flávio, sob a justificativa deste estar devendo o tráfico de drogas. Essa versão, também foi levada a público pelo padrasto de Alejandro, o prefeito, Arthur, em nota emitida em suas redes sociais.

No dia 8 de outubro, o ex-sargento do Exército, Mayc Vinicius confessou, em depoimento à Polícia Civil, a autoria do homicídio. Mas a polícia identificou muita divergência em relação aos depoimentos prestados pelos investigados. Foi quando a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros deu início a segunda fase das investigações, realizando acareações entre suspeitos e realizando novas diligências. Laudos de perícia também foram encomendados para embasar a investigação do caso. A reconstituição do crime também foi realizada em 18 de Novembro de 2019.

Remoção do corpo

Mayc e o amigo, o sargento da Polícia Militar (PM), Elizeu Da Paz, que era segurança da prefeitura da capital, mas foi exonerado do cargo no dia 16 de outubro, foram flagrados por câmeras de segurança do condomínio Passaredo, entrando e deixando o local. Quando entraram, Elizeu diria um Toyota Corola, alugado ao Município, e Mayc estava no banco do carona, inclusive usando o celular. Ao deixarem o condomínio Mayc já aparece no banco de trás, parecendo segurar algo, que seria o cadáver do engenheiro.

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Deputada Joana Darc: Caros leitores, este mês, destacamos um movimento cujo propósito é chamar a atenção da sociedade...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

Auxílio Brasil: benefício é concedido para gestantes

PAÍS | O Ministério da Cidadania publicou hoje (7) no Diário Oficial da União (DOU) uma instrução normativa com os procedimentos para identificar as gestantes elegíveis ao Benefício Composição Gestante (BCG), integrante do pacote do Auxílio Brasil. O BCG tem por objetivo aumentar a

Leia mais »

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

CONFIRA AS MAIS LIDAS

BABADO FORTE