Justiça decreta prisão preventiva de homem que espancou procuradora

WhatsApp-Image-2022-06-21-at-18.26.21
PATROCINADO
Maus-tratos ou crueldade animal, quando o assunto é a denúncia destes, nossa lei é bem pertinente. Mesmo assim,...

PAÍS| A Justiça decretou na tarde desta quarta-feira (22) a prisão preventiva de Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos, que espancou brutalmente sua chefe, a procuradora-geral de Registro (SP), Gabriela Samadello Monteiro de Barros, de 39 anos.

O pedido de prisão foi apresentado pelo delegado Daniel Vaz Rocha na 1ª Vara Criminal da cidade, no interior de São Paulo.

Enquanto agredia a procuradora, Demétrius ainda a xinga de “puta” e “vagabunda do caralho”.

Mais cedo, Demétrius prestou depoimento, no qual admitiu que agrediu a procuradora e alegou que sofria assédio moral no ambiente de trabalho. Na ocasião, ele foi liberado por “falta de flagrante”.

Também nesta quarta, a prefeitura de Registro afastou temporariamente o homem do cargo de procurador, com interrupção do pagamento de salário.

LEIA MAIS SOBRE:

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Você sabia que toda forma de trabalho realizada por crianças e adolescentes com idade inferior a 16 anos...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

CONFIRA AS MAIS LIDAS

BABADO FORTE