Novo apagão elétrico afeta Manaus e municípios vizinhos nesta terça (24)

e6d5644d-6c34-4841-a83a-6f906bd41723
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM | Nesta terça-feira (24), mais uma vez a capital do Estado e municípios da Região Metropolitana de Manaus (RMM) foram afetados por apagão elétrico.

Publicidade

Em alguns bairros o fornecimento de água também foi interrompido por conta da falta de energia elétrica. .Os serviços são interrompidos e afetam a população em um momento de isolamento social em prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).

Há relatos ainda de dificuldades com serviços de comunicação.

A Amazonas Energia já enviou uma nota.

Amazonas informa aos seus clientes que as 11h50 houve interrupção total do fornecimento de energia em Manaus, Iranduba, Manacapuru e Presidente Figueiredo, provocado por desligamento intempestivo das linhas de 500 kV do Sistema Interligado Nacional (SIN), no trecho Silves / Manaus.

O sistema está sendo recomposto gradativamente pelas equipes da Amazonas Energia, e a previsão é que em 30 minutos o fornecimento de energia seja normalizado em sua totalidade.

Nota da Águas de Manaus

A Águas de Manaus informa que devido ao blecaute que deixou a cidade inteira sem energia elétrica na manhã desta terça-feira (24), a produção e distribuição de água tratada foram afetadas em todas as regiões da capital. As quatro estações de tratamento da capital (Ponta do Ismael I e II, Ponta das Lajes e Mauazinho) e todos os Centros de Produção de Água Subterrânea (CPAS) administrados pela concessionária foram desligados. A energia começou a ser reestabelecida por volta das 13h e algumas das unidades da Águas de Manaus já voltaram a operar. Mesmo assim, bairros em toda a cidade de Manaus podem apresentar oscilações no abastecimento de água nas próximas 48h, devido ao tempo de recuperação dos sistemas hidráulicos de abastecimento de Manaus.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias