Superintendente da Suframa receberá “Medalha da Ordem do Mérito Legislativo” nesta quarta-feira (11)


Manaus-AM | As ações promovidas pelo titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Alfredo Menezes, em prol da sociedade amazonense motivaram a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) a agraciá-lo com a outorga da “Medalha da Ordem do Mérito Legislativo”, que será entregue durante cerimônia a ser realizada às 17h desta quarta-feira (11), no auditório Belarmino Lins, na sede da Aleam. O superintendente ainda foi indicado, pelo Conselho da Ordem do Mérito, a ser o orador oficial em nome das outras 26 autoridades que serão agraciadas no evento por terem se destacado em suas atividades.

Alfredo Menezes assumiu o cargo à frente da Suframa em fevereiro de 2019, indicado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, com a missão de fazer com que a Autarquia recuperasse o protagonismo e atuasse para fortalecer o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM), mantendo e ampliando a competitividade do Polo Industrial de Manaus (PIM). Também buscou promover maior interação entre todos os estados da área de abrangência da Suframa, garantindo que as ações da Autarquia fossem cada vez mais eficientes não apenas no Amazonas, mas também no Acre, Roraima, Rondônia e Amapá, além de gerar benefícios para todas as regiões do Brasil, com a geração de mais emprego e renda por todo o País.

Anúncios

“Tudo que fazemos no âmbito da Zona Franca de Manaus é pensado em conjunto com o governo federal e visa a gerar benefícios não apenas para a área coberta pelos incentivos administrados pela Suframa, mas para todos, uma vez que trabalhamos para atrair investimentos para o Brasil, melhorando os índices socioeconômicos em todas as regiões do País e garantindo a preservação ambiental, em especial da fatia da floresta amazônica situada no estado do Amazonas”, afirmou Alfredo Menezes.

A Medalha da Ordem do Mérito Legislativo foi instituída em agosto de 2002 e é concedida a soberanos chefes de Estado e de governo, políticos, magistrados, membros do Ministério Público, militares, diplomatas, professores, cientistas, escritores, servidores, desportistas e outras personalidades, pelos respectivos e relevantes serviços vinculados ao cumprimento do interesse público.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Receba a seleção das melhores notícias

Você também pode gostar:

error: Este conteúdo é protegido!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram