Área de vegetação é propositalmente incendiada, no bairro Morro da Liberdade


Manaus – Um incêndio causado em uma área de vegetação causou prejuízos ao meio ambiente por conta da intensa cortina de fumaça que poluiu o ar consequente do fogo. O crime ambiental aconteceu durante a tarde desta terça-feira (10), no bairro Morro da Liberdade, zona Sul da capital.

Cerca de 1 quilômetro de extensão ardeu em chamas durante a tarde quente de calor amazônico em Manaus. A área queimada faz parte da estrutura do Igarapé do Morro da Liberdade, bem ao lado da quadra da escola de samba G.R.E.S. Reino Unido da Liberdade.

Anúncios

No local, inúmeros focos de incêndio podiam ser percebidos por meio de verdadeiras fogueiras que foram estrategicamente colocadas para queimar. Materiais como pedaços de madeira, plástico, papel entre outros itens inflamáveis colaboravam para a proliferação do fogo.

Testemunhas que estavam no local não souberam informar quem teria dado início ao incêndio, tendo em vista que os focos de fogo estavam posicionados lado a lado, com poucos metros de distância. Oque ainda não tinha sido tomado pelas labaredas também já começava a queimar em poucos minutos.

Testemunhas que estavam no local disseram ter acionado o Corpo de Bombeiros mas até às 15h50 nenhuma viatura da corporação esteve no local.

Incêndios causados propositalmente em área de mata são crimes passíveis de até 4 anos de reclusão e multa aplicada. A fumaça polui intensamente o meio ambiente e esse tipo de ocorrência pode ser denunciado à Delegacia do Meio Ambiente (DEMA).

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Receba a seleção das melhores notícias

Você também pode gostar:

error: Este conteúdo é protegido!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram