Em missa no Vaticano, Papa pede ‘trabalho digno para todos’

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Captura de Tela 2020-05-01 às 14.49.04


Manaus – AM | Na manhã desta sexta-feira (1/5), Dia do Trabalhador e de seu padroeiro, São José Operário, o Papa Francisco presidiu a missa na Casa Santa Marta, no Vaticano, em que a Igreja recorda São José operário, e dirigiu seu pensamento ao mundo do trabalho.

Publicidade

“Hoje, que é festa de São José operário, também Dia dos Trabalhadores, rezemos por todos os trabalhadores. Por todos. Para que não falte trabalho a nenhuma pessoa e todos sejam justamente retribuídos e possam gozar da dignidade do trabalho e da beleza do repouso.”, disse o pontífice.

Ainda de acordo com Francisco, que seja trabalho digno, não de escravo.

Toda injustiça que se faz a uma pessoa que trabalha é espezinhar a dignidade humana, inclusive a dignidade de quem faz a injustiça: abaixa-se o nível e se acaba naquela tensão de ditador-escravo. Ao invés, a vocação que Deus nos dá é muito bonita: criar, re-criar. Trabalhar. Mas isso pode ser feito quando as condições são justas e se respeita a dignidade da pessoa.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias

BABADO FORTE