BBB21: Polícia irá investigar possível crime de racismo em fala de Rodolffo

cn0fq7d23v4p2687ocj9748wv
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

PAÍS – Nesta terça-feira (6), a Polícia Civil do Rio de Janeiro, por meio da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), abriu procedimento para apurar se houve crime de preconceito racial cometido pelo participante Rodolffo Matthaus contra o geógrafo João Luiz Pedrosa.

Publicidade

O crime teria acontecido na última segunda-feira (5), durante o Jogo da Discórdia. Na ocasião, João afirmou que comentários do sertanejo Rodolffo sobre seu cabelo o incomodaram. O geógrafo chegou a ir às lágrimas ao falar sobre o momento.

ENTENDA

A situação envolvendo João e Rodolffo ocorreu no sábado (3), quando o sertanejo comparou o cabelo do professor com a peruca de homem das cavernas que o sertanejo usava devido a uma prenda do jogo. A associação foi interpretada como um ato racista por João e outros participantes — e gerou polêmica nas redes sociais.

Com o desabafo, o cantor se mostrou surpreso e disse que quem olhasse bem os cabelos ia ver que era mesmo semelhante. Ele somente se desculpou após ser repreendido por outros participantes.

UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

BBB21: Polícia irá investigar possível crime de racismo em fala de Rodolffo

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias