Com a presença de Moro, PF exibe nesta terça-feira (12) vídeo da reunião ministerial

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Foto: Reprodução


Brasil I A Polícia Federal vai exibir na manhã desta terça (12) o restrito grupo de autoridades que tiveram permissão ministro Celso de Mello, a gravação da reunião ministerial de 22 abril, na qual, segundo o ex-ministro Sérgio Moro, o presidente Jair Bolsonaro teria cobrado a substituição do diretor-geral da PF e do superintendente no Rio.

Publicidade

Segundo o Estadão, Moro irá a Brasília para acompanhar a exibição, acompanhado por seu advogado Rodrigo Sánchez Rios, o mesmo as advogado que defendeu Eduardo Cunha e Marcelo Odebrecht.

No sábado (9) o decano do Supremo autorizou que o ex-ministro, o procurador-geral da República Augusto Aras e o advogado-geral da União José Levi Mello do Amaral Júnior tenham acesso ao vídeo entregue pelo governo na noite de sexta (8).

Com informações de Conexão Política*

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias