Homem contrata bandidos por 18 mil e deixa ex-mulher paraplégica

Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

PAÍS | Uma mulher de 34 anos chamada Ingrid Mendonça Ribeiro, ficou paraplégica após um assalto forjado pelo ex-marido. O homem não aceitou o termino da relação e acabou desembolsando 18 mil reais para bandidos realizarem o assalto forjado o que resultou na tragédia.

Publicidade

O fato ocorreu na noite de 16 de outubro, em uma farmácia em Iguape, no litoral de São Paulo no dia do aniversário de 11 anos do filho da vítima. Dois criminosos chegaram ao estabelecimento em um carro prata e, armados, anunciaram o assalto. Após trancarem os outros funcionários nos fundos e roubarem alguns objetos, um dos ladrões disparou contra a balconista.

A bala atingiu o ombro da vítima, atravessou a coluna e ficou alojada no quadril de Ingrid . Atualmente, os familiares estão em busca de ajuda para a aquisição de equipamentos avaliados em 35 mil.

A bala foi retirada durante cirurgia, mas o estrago já havia sido feito. Ingrid foi diagnosticada com Paralisia Crucial T9. “Ela não sente do umbigo para baixo, não tem liberdade para fazer as necessidades fisiológicas, usando sonda e fralda”, conta um parente, que prefere não se identificar.

“Ainda não sabemos se é reversível e se, um dia, ela poderá voltar a andar. Estamos aguardando os médicos, que não nos deram esperança. Estamos nos apegando ao fio de esperança de Deus, de que vai dar tudo certo”.

Quando a balconista recobrou a consciência, ainda no hospital, contou aos policiais acionados para a ocorrência que o carro prata usado pela dupla era o mesmo veículo que ela notou que a perseguia na rua, dias antes.

Para constatar que o crime tinha sido mandado pelo ex marido da vítima, houve uma investigação a cerca do fato. Através de relatos dos familiares que apontaram que a vítima sofria maus-tratos por parte do ex-marido.

Com as investigações em andamento um dos criminosos do fato acabou confessando que o ex-marido de Ingrid havia pagado, à vista, R$ 5 mil, e que parcelaria R$ 13 mil para matar a mulher.

Conforme a Polícia Civil, o suspeito confessou que mandou matar a ex-mulher, mas alegou que, depois, se arrependeu, e que os dois contratados disseram que não tinha mais jeito, ameaçando matar a família de Martiniano.

Homem contrata bandidos por 18 mil e deixa ex-mulher paraplégica

Mulher
Foto: Divulgação

Com informações de: Folhapatoense

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias