Abuso: criança de 4 anos denuncia ‘carinho’ por parte do companheiro da avó

Foto: Reprodução da Internet
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM | Mais um caso de abuso sexual foi descoberto em Boa Vista, Roraima, nesta segunda-feira, dia 11. Uma criança de 4 anos de idade compartilhou com a professora da escola onde estuda, no bairro Nova Cidade, que o crime era praticado pelo companheiro da avó paterna, um atendente de farmácia de 49 anos.

Publicidade

O relatório apresentado pela escola, ao qual a Folha teve acesso, mostra que a mudança no comportamento da menina começou no decorrer do ano. A agitação e curiosidade comum a toda criança deu lugar a uma conduta arredia e agressiva. Os abusos, inclusive, já tinham sido expostos pela menina no início do semestre, momento onde fez relatos a respeito de um “carinho” que o “tio” havia feito. Ainda no documento anexado à denúncia, foram destacados dois episódios de infecção genital sofridos pela vítima.

A situação veio à tona quando a criança reclamou de dores para a educadora, que imediatamente iniciou uma conversa com a vítima para saber em qual região estava incomodando e por quais motivos. A criança sinalizou que a dor era na região genital porque o “tio” havia colocado a boca ali. O crime ocorria sempre que a avó da criança saía para trabalhar e deixava a vítima, o irmão dela e uma tia de 10 anos, sozinhos com o acusado. Ocasião que ele aproveitava para levá-la ao quarto, conforme o relato da criança.

Ao tomar conhecimento sobre a situação por meio da conselheira tutelar, a avó paterna, que possui a guarda da criança, disse que não imaginava que isso acontecesse com a neta. O caso foi registrado no 5º Distrito Policial e será encaminhado para o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (NPCA) que fará a investigação a fim de apurar os fatos e prender o acusado. (VF)

Fonte : Folha de Boa Vista

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias