‘Achei que fosse morrer’, diz flanelinha vítima da tentativa de latrocínio da própria amiga

Foto: Pablo Medeiros
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM | Na madrugada desta quinta-feira (18), um Venezuelano e sua companheira tentaram contra a vida do cearense R.B , 45, em busca de dinheiro para comprar entorpecentes.

Publicidade

O flanelinha R.B , 45, foi vítima de latrocínio da sua própria amiga conhecida como “Thiane” e o seu companheiro venezuelano Miguel Ângelo Portilho Troconis, 36.

Segundo a vítima , a amiga identificada apenas por Thiane, seria moradora do bairro Santo Antônio,zona Oeste, e o teria visitado mais cedo, por volta de 1h da manhã, pedindo o valor de R$ 20,00 , e ele concedeu, mas, a acusada retornou horas depois acompanhada de seu parceiro Miguel, onde já foram revirando a casa do flanelinha em busca de dinheiro , não encontrando, o agrediram com golpes de punhal e cacos de vidros.

“Hoje é meu aniversário, completo 45 anos, achei que fosse morrer, a Thiane quebrou uma garrafa e me furou nas costas, o parceiro dela furou minha cabeça, eles queriam dinheiro para comprar drogas, são viciados”, relatou.

A vítima foi socorrida por vizinhos que acionaram a equipe da 24ª Companhia Interativa Comunitária – Cicom , que detiveram o Venezuelano, e o encaminharam ao 1º Distrito Integrado de Polícia para procedimentos cabíveis, já a sua parceria Thiane conseguiu fugir do local. A vítima foi atendida no Serviço de Pronto Atendimento do São Raimundo, e depois levada á Delegacia para ser encaminhada ao Instituto Médico Legal para o exame de corpo de delito.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias