Alejandro já está de volta à prisão, após ter Habeas Corpus cassado no STJ

ad4334a1-a7eb-4c3a-ac79-c2f018a4e0f2
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM | Na tarde desta terça-feira (17), Alejandro Molina Valeiko, enteado do prefeito Arthur Neto, deu entrada no centro de triagem do sistema prisional do estado. Ele vai passar a noite no Centro de Recolhimento e Triagem (C.R.T) e pela manhã entra no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDP1), no km 8 da BR-174. As informações são da Seap – Secretaria de Administração Penitenciária do Amazonas.

Publicidade

A Justiça Estadual expediu o mandado de prisão preventiva de Alejandro na manhã desta terça-feira, após ele ter Habeas Corpus cassado por ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) na semana passada. 

Ainda na manhã de hoje, a defesa de Alejandro comunicou à Justiça que ele se apresentaria à autoridade policial. 

O enteado do prefeito é um dos réus investigados pela morte do engenheiro Flávio Rodrigues, que ocorreu em setembro do ano passado. 

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias