Em meio à Covid-19, Alejandro deixa presídio e segue para condomínio de luxo na Ponta Negra

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM – O enteado do prefeito de Manaus, Alejandro Valeiko, já deixou o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM-1), no quilômetro 8 da Br-174, e seguiu para casa, condomínio de luxo, localizado no bairro Ponta Negra, na zona Oeste da capital, na tarde desta quarta-feira (25).

Alejandro, principal nome ligado à morte do engenheiro Flávio Rodrigues, ocorrida em setembro do ano passado, saiu do nosso sistema por volta das 13h, de acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária do Amazonas (Seap-AM).

Em meio à pandemia do novo coronavírus, Alejandro ganhou a liberdade para ficar em casa, sendo monitorado por tornozeleira eletrônica .

A Justiça Estadual acolheu o pedido de revogação temporária do enteado do prefeito, Arthur Neto, e filho da primeira dama do município, Elizabeth Valeiko.

Alejandro havia voltado para a prisão após ter habeas corpus cassado por ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) no dia 12 de março. Ele havia voltado para a prisão no último dia 17.

Veja abaixo as matérias anteriores:

Últimas informações ao vivo:

Receba a seleção das melhores notícias

Outros assuntos interessantes: