STJ nega liberdade para o policial militar Elizeu da Paz, denunciado pelo assassinato do Engenheiro Flávio Rodrigues

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus-AM | Após o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, negou liberdade ao policial militar Elizeu da Paz Souza, esse que foi denunciado pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MP/AM), pelo envolvimento no homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, 42.

Publicidade

Desde o dia 30 de Dezembro de 2019, foi enviado um pedido de soltura para Elizeu, mas foi negada na manhã desta segunda-feira (6). Ele está preso desde o dia 4 de outubro de 2019.

Em dezembro do ano passado, Elizeu da Paz, Alejandro Valeiko e o ex-lutador de MMA Mayc Vinícius, foram presos depois da denuncia do MP/AM pelo homicídio de Flávio Rodrigues e da tentativa de assassinato de Elielton Magno, que conseguiu escapar com o auxílio dos agentes de portaria, quando chegou na guarita do Condomínio Passaredo, situado no bairro Ponta Negra, zona Oeste.

Lembrado que há apenas 10 dias atrás, o STJ liberou o suspeito do assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues, Alejandro Molina Valeiko.

Últimas informações ao vivo:

Receba a seleção das melhores notícias

Outros assuntos interessantes: