Cliente tarado passa a mão nas partes íntimas de funcionária, em supermercado

0ee3c4b43ef3e715819a9941fc8a3d28
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

PAÍS | Uma funcionária de uma loja de utensílios domésticos passou por uma situação um tanto quanto constrangedora. Ela fez uma denúncia na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher contra um cliente na última segunda-feira (19), por importunação sexual, em Cuiabá. O momento foi flagrado por imagens do circuito interno de segurança do estabelecimento, que mostram o momento em que ele passa a mão nas nádegas da mulher.

Publicidade

À polícia, a vítima informou que estava reabastecendo uma das sessões da loja quando o homem se aproximou. Ela ainda desconfiou e acabou o encarando.

Mesmo com a situação desconfortante, ela continuou fazendo o seu trabalho e o homem permanece próximo da funcionária, parado mexendo no aparelho celular. Ao se aproximar e levemente abaixar perto dele, a mulher acabou sendo mais uma vez invadida.

A polícia informou que a mulher ficou sem reação por ele continuar próximo como se não tivesse acontecido absolutamente nada. Ao contar para o fiscal da loja, o homem já teria saído do local.

Funcionária denunciou o assédio

A vítima pediu que as imagens da câmera de segurança do estabelecimento fossem apresentadas à polícia como prova do crime. O homem ainda não foi encontrado.

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher investiga o caso. A pena prevista para este tipo de crime é de 1 a 5 anos de reclusão, isso se o ato não constituir crime mais grave.

Cliente tarado passa a mão nas partes íntimas de funcionária, em supermercado

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

Fonte: Jornal Estadão de Mato Grosso

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias