Corpo de criança morta por tiro de espingarda segue para cemitério e familiares prestam últimas homenagens

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
WhatsApp Image 2020-07-22 at 09.22.00


Manaus – AM | Os familiares da pequena Yasmim Vitória da Rocha Garcia, de 3 anos, que morreu na noite de segunda-feira (20), após ser atingida por disparo de espingarda usada pelo padrasto, em um sítio, no Ramal do Vegetal, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, prestam na manhã desta quarta-feira (22), as últimas homenagens para a criança antes do sepultamento. 

Publicidade

Dor e comoção marcam a despedida.

O cortejo já saiu da igreja Assembleia de Deus, localizada na rua Juriti, Comunidade Campo Sales, bairro Tarumã, na zona Oeste da capital, e segue para o Cemitério Nossa Senhora Aparecida, na Avenida do Turismo, também no Tarumã. 

O padrasto foi preso e autuado por homicídio doloso (quando há a intenção de matar ou o sujeito assume o risco de fazê-lo), mesmo ele alegando que o tiro foi acidental.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias