DERFV prende quadrilha responsável por clonar e revender veículos roubados e furtados em Manaus

WhatsApp Image 2020-11-04 at 12.25.55
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus-AM | A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), através da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), prendeu na nesta terça-feira (03), um quarteto especializado em encomendar carros roubados e furtados para serem clonados e posteriormente revendidos nas redes sociais. Durante a ação policial, foram apreendidos duas motocicletas roubadas e clonadas, instrumentos para clonagem de veículos, além de diversos documentos.

Publicidade

Os infratores foram identificados como Diego Alexsander do Nascimento, de 27 anos; Lidiane dos Santos, de 24 anos; Paulo Henrique Toga Campos, de 23 anos e Wanderlei Pereira de Moura, de 41 anos. As prisões aconteceram nos bairros Dom Pedro e Jorge Teixeira, respectivamente, nas zonas Centro-Oeste e Leste da cidade.

WhatsApp Image 2020 11 04 at 13.48.54
Foto: Neto Silva

De acordo com o delegado Cícero Túlio, titular da DERFV, ao longo das investigações foi apurado que Paulo Henrique era o responsável por encomendar veículos provenientes de roubos e furtos, já Diego e Vanderlei, ambos funcionários de uma loja de emplacamentos, produziam placas falsificadas que eram utilizadas para clonar os veículos, que seriam revendidos na internet. As vendas eram gerenciadas por Paulo e sua companheira, Lidiane, que realizava os anúncios nas redes sociais. O proprietário da loja desconhecia a ação criminosa praticada pelos funcionários.

Ainda conforme a autoridade policial, Diego já havia sido alvo de investigações da DERFV durante uma operação deflagrada no ano de 2018, e já responde por organização criminosa e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Wanderlei também responde criminalmente por adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Captura de Tela 2020 11 04 às 14.01.26 1

A quadrilha será autuada em flagrante por receptação qualificada, associação criminosa, uso de documentos falsos e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Após os procedimentos na unidade policial, eles serão encaminhados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição da Justiça.

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias