“Era uma mulher muito mau”, diz assassino da própria esposa em Manaus
Foto: Pablo Medeiros

“Era uma mulher muito mau”, diz assassino da própria esposa em Manaus


Manaus- AM | Durante a sua apresentação à imprensa na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs), na manhã desta quarta-feira (21/8), Douglas Ricardo Silva Costa, de 25 anos de idade, preso por ter matado a própria companheira na madrugada desta segunda-feira (20/8) em Manaus, também deixou os jornalistas revoltados.  

Ele deu a seguinte declaração ao ser questionado sobre o crime: “Eu ‘tô’ arrependido. Só fiz defender a minha vida. Ninguém sabe o que eu estava passando na mão dessa mulher. Essa mulher, era uma mulher muito mau.” Mas nada justifica a atitude do acusado. 

A Justiça acatou o pedido de prisão preventiva de Douglas. Ele foi autuado por feminicídio (contra a mulher) e também por tentativa de homicídio (contra a mãe dela). 

Além de ter provocado a morte da própria companheira, Aline Pamela Teixeira, de 26 anos de idade, por ciúmes, devido mensagens no celular da vítima, o homem também tentou matar a  mãe de Aline. O casal tinha dois filhos: uma menina de 8 anos e um menino de 2.

Aline chegou a ter o crânio aberto com as pauladas que levou. Ela ainda foi socorrida mas não resistiu aos ferimentos.

     

Deixe uma resposta

AO VIVO 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on telegram