Família é morta a tiros dentro de casa; pai poderia ser envolvido com tráfico

Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

PAÍS | Os corpos de uma família foram encontrados mortos na casa onde moravam, em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, na manhã desta terça-feira (27). As vítimas foram pai, Edson Toffolo (37), mãe, Vanessa Martins dos Santos (29), grávida de 6 meses; e o filho de quatro anos, Enzo dos Santos de Oliveira.

Publicidade

A família foi morta a tiros no porão da residência. Mas os corpos foram encontrados pela avó paterna do menino, em cima da cama do casal. Ela teria ido até a residência para buscar o neto para uma viagem.

Segundo informações da Perícia, Toffolo foi atingido por 12 tiros, Vanessa levou dois disparos e a criança foi atingida por um tiro no pescoço. Pela rigidez dos corpos, o crime aconteceu por volta das 22h de segunda-feira (26).

O titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP), Ives Trindade, afirma que “foi uma execução e tudo indica que os tiros eram direcionados ao rapaz. A moça e a criança estavam no lugar e na hora errada.”

Ele ressalta ainda que foram encontrados seis projéteis de calibre . 38, sem estojos. Então, a polícia acredita que o assassino recarregou a arma ou foi usado mais de um revólver para o crime. Não foram encontradas armas na casa. “Encontramos porções de maconha e informações extraoficiais dão conta que o rapaz teria algum envolvimento com drogas. Fizemos algumas entrevistas informais com vizinhos e vamos ouvir outras pessoas para que a investigação evolua.”, disse.

A polícia acredita que a motivação deve ser por brigas de facções. Os primeiros depoimentos devem ser prestados durante a tarde desta terça-feira (27).

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

Família é morta a tiros dentro de casa; pai poderia ser envolvido com tráfico

Fonte: Pioneiro

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias