Homem é morto e queimado após ser apontado como ‘pirata do rio’ no AM; IMAGENS FORTES

WhatsApp Image 2022-07-07 at 08.41.06
PATROCINADO
Manaus – AM | Conhecido como “O Gigante do Norte” por ofertar produtos a partir de R$ 1...

Japurá – AM| Nesta quarta-feira (6), um homem foi linchado e teve o corpo queimado em via pública no porto do município de Japurá (AM), a 744 quilômetros em linha reta de Manaus, após ser apontado por moradores como suposto ‘pirata do rio’ (assaltantes que usam embarcação para roubar outras embarcações). Outros homens que estavam na lancha foram agredidos e em seguida presos.

Um vídeo divulgado no Facebook pela página “Amazônia, o Melhor da Navegação” mostra o momento em que as pessoas revoltadas retiram um dos homens do barco que estava atracado no porto, e começam a agredi-lo.

“Porto da sede do município de Japurá no Amazonas, onde a violência toma conta da região em meio às disputas por conta do tráfico, garimpo além da pirataria. Diante disso, a população já anda cansada. As mortes acontecem por ali diariamente!”, diz a legenda do vídeo.

Logo após terem queimado um dos homens, a população revoltada tentou invadir a delegacia para retirar os outros homens que foram presos. De acordo com informações, as pessoas queriam dar o mesmo destino do que foi morto na rua.

SEGUNDA VERSÃO

Em áudios divulgados pelo filho da vítima, o mesmo relata que as notícias não procedem, visto que seu pai estava apenas abastecendo no posto.

“Ele não é pirata, vocês mataram o meu pai, ele só queria levar gasolina para o garimpo, mataram o meu pai. Ele só queria dinheiro para sustentar a minha família, mataram ele, só isso que ele queria, fizeram isso com o meu pai. Só queria o meu pai, fizeram essa brutalidade, tacaram fogo no meu pai, meu pai só queria trabalhar. Ele não era pirata por** nenhuma, ele só estava colocando gasolina na lancha e tacaram fogo no meu pai”, disse o rapaz bastante abalado.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), emitiu uma nota sobre o caso e informou que policiais militares e civis serão enviados de Manaus para Japurá.

NOTA

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informa que a Polícia Militar de Japurá foi chamada para atender a ocorrência, controlando o tumulto no porto da cidade e levando dois dos envolvidos para a delegacia local.

Na manhã desta quinta-feira (07/07), uma tropa será enviada de Manaus, com policiais militares e civis para reforçar as investigações e identificar os envolvidos na ocorrência.

Em uma pesquisa recente feita pelo Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostrou o ranking das cidades mais violentas do Brasil. O município de Japurá aparece em 14° lugar, sendo o primeiro do estado do Amazonas na pesquisa.

IMAGENS FORTES

Fotos: divulgação

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Post Patrocinado | Se você é estudante e usa o transporte público, saiba que o Passe Livre Estudantil...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE