Homem que participou da morte de turista que iria ver show da Taylor Swift foi abordado 56 vezes pela polícia

WhatsApp Image 2023-11-19 at 11.20.34
PATROCINADO
A ENEVA, em um esforço contínuo para fomentar a educação e o crescimento econômico no Amazonas, lidera uma...

PAÍS| Um dos suspeitos do assalto que resultou na morte de um turista de Mato Grosso do Sul, na Praia de Copacabana, já tinha sido abordado 56 vezes pela polícia. Anderson Henriques Brandão foi reconhecido por testemunhas e capturado pelos policiais militares após o crime. Ele admitiu sua participação e afirmou que os outros suspeitos são moradores de rua.

Além de Anderson, Alan Ananias Cavalcante foi detido pela polícia. Alan possui histórico criminal, com anotações por roubo, furto, tráfico de drogas e um homicídio em 2008, e já foi abordado 42 vezes pelas forças de segurança. No entanto, as autoridades não possuem indícios de que ele tenha matado ou participado do roubo contra Gabriel Mongenot Santana Milhomem Santos, que estava na cidade para um show.

Jonathan Batista Barbosa, apontado como autor do golpe de faca que matou Gabriel, e Ananias foram presos em flagrante na última quinta-feira, mas foram liberados em uma audiência de custódia no sábado, poucas horas antes do assassinato. Jonathan já tinha sido detido em outras seis ocasiões por crimes como ofensa, roubo, furto e homicídio. Atualmente, ele encontra-se foragido.

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
Candidatos para cursos técnicos em Silves devem se inscrever a partir desta sexta-feira, dia 5 de abril. São...

Últimas atualizações sobre benefícios

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE