Homens que estupraram e mataram criança indígena são presos, em Barreirinha

Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM | Outros dois homens envolvidos no estupro da criança indígena, de 5 anos, foram presos pelas Polícias Civis e Militar do município de Barreirinha, interior do Amazonas. O fato aconteceu em uma área indígena, na comunidade Nova Vida, área indígena Sateré-Mawé.

Publicidade

Os suspeitos foram identificados como Adnilson  Lira, vulgo Lôro (42), Jonilson Pereira (Camarão) e I. S., 16 anos. Esse último que é menor foi apreendido ontem (23/11).

A menina identificada como Ana Beatriz foi raptada de sua casa enquanto dormia, foi levada para uma região de mata onde foi violentada e morta. A mãe da vítima, Taiane Silva Rayol, 25 anos, mãe da criança, explicou que por volta das 2 horas da madrugada, não achou mais a filha na rede.

A mãe alarmou a comunidade, e logo começaram as buscas da criança. Um dos criminosos, um adolescente, acabou esquecendo uma camisa na casa da família e isso serviu para que o mesmo fosse apreendido.

Segundo o médico do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei), Rafael Lopes, a pequena Ana Betriz, apresentava laceração vaginal e hematomas no pescoço e boca e que, após ser estuprada, foi morta por estrangulamento.

O corpo da criança foi sepultado na manhã desta terça-feira.

Homens que estupraram e mataram criança indígena são presos, em Barreirinha
Homens que estupraram e mataram criança indígena são presos, em Barreirinha

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

Clique AQUI e saiba as vantagens em ser MEMBRO!

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias