Justiça condena filha que matou pai a 16 anos de prisão

AE450967-4870-4949-859B-E666CEFC8415
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Manaus – AM | A justiça condenou na noite desta quinta-feira (8), a 16 anos em regime fechado, Kinberlin Keyce de Jesus da Silva, por te matado o próprio pai com treze facadas em junho de 2015, no bairro Nova Cidade Zona Norte de Manaus. 

Publicidade

O julgamento do crime foi presidido pelo juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri Celso de Paula, na acusação esteve atuando o promotor de Justiça Armando Gurgel e na defesa um defensor público.

Kinberlin é ré confessa da morte do próprio pai e alegou que a motivação foi porque ela era abusada sexualmente por ele desde os 13 anos de idade, mais que também tinha a intenção de ficar com a casa do pai. De acordo com a acusada, o pai a ameaçava dizendo que ela não podia contar para ninguém sobre os abusos.

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias