Laudo aponta que bebê jogado pela mãe de janela morreu por asfixia, em São Paulo

10
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Polícia I O exame do IML (Instituto Médico Legal) indicou que o bebê recém-nascido jogado pela janela de um apartamento em Praia Grande, no litoral de São Paulo, nasceu vivo, mas morreu por asfixia. A Polícia Civil ainda aguarda outros laudos para entender a causa da morte. As informações são da Record TV.

Publicidade

A mãe da criança, de 20 anos, foi presa em flagrante e está internada no hospital Irmã Dulce de Praia Grande. Na sexta-feira (19), a Justiça concedeu um alvará de soltura para a jovem, que poderá responder em liberdade assim que tiver alta médica. 

“Segundo o relato dela, ela não sabia da gravidez, foi ao banheiro porrque estava passando mal, entrou em trabalho de parto e deu à luz. Ela tinha muito medo que a mãe viesse a descobrir a gravidez”, afirmou a delegada Lyvia Bonella.

À polícia, a mãe do bebê disse não saber se o filho nasceu vivo ou morto. A delegada aguarda outros laudos, entre eles o exame psiquiátrico solicitado para a mãe. O objetivo é saber se ela agiu por estar no puerpéreo, o que configuraria infanticídio, ou se ela vai responder por homicídio. 

Os moradores do edifício ficaram chocados com a história. Por causa da repercussão do caso e pela segurança da mãe, a alta médica não será informada. A família da suspeita deixou o condomínio levando uma mala. Ela morava no apartamento, que fica no segundo andar, com a mãe, a irmã e o filho que já tinha de 1 ano e 4 meses.

Com a divulgação de que o bebê morreu por asfixia, é provável que a família não volte ao condomínio.

9 5
Polícia foi chamada pelo zelador do prédio após localização do bebê em saco. Foto: Reprodução

Fonte: Portal R7

Veja o caso

https://imediatoonline.com/bebe-e-encontrado-morto-apos-ser-jogado-de-predio-pela-propria-mae-em-sao-paulo/

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

Receba a seleção das melhores notícias