Mulher teve orelha arrancada um dia antes de ser morta a tiros

WhatsApp-Image-2022-08-05-at-14.12.45
PATROCINADO
ESPECIAL PUBLICITÁRIO Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante O Dia dos Pais está chegando…...

PAÍS| Carla Priscila Cândido da Silva, de 29 anos, foi morta a tiros em Uruará, no sudoeste do Pará. A Polícia Civil confirmou nesta quinta-feira (4) que investiga o caso e que procura por um suspeito do sexo masculino.

O crime ocorreu na última terça (2), um dia após a vítima ter uma das orelhas arrancada por uma mordida da ex-companheira do atual namorado.

Testemunhas informaram que Carla conversava com outras duas mulheres, sentada próximo a uma mangueira no meio fio, quando um suspeito chegou ao local em uma moto, sacou uma arma e atirou pelo menos duas vezes contra a vítima.

A PC não informou se a ex-mulher do namorado de Carla é apontada como suspeita e se ela foi presa durante as investigações, que estão sendo feitas pela delegacia do município de Uruará.

Informações que auxiliem nas investigações podem ser repassadas via disque denúncia, número 181. O sigilo é garantido.

SEJA UM MEMBRO APOIADOR DO IMEDIATO

PATROCINADO
O Dia dos Pais está chegando… E você já sabe onde comprar presentes bons com preços imperdíveis? Nas...

ÚLTIMAS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O COVID-19 NO AMAZONAS HOJE

CONFIRA AS MAIS LIDAS

BABADO FORTE